Todo mundo chega num ponto do hobby onde tem que tomar uma decisão muito triste, de se despedir de um jogo seja porque está pegando poeira ou recebeu aquela oferta indecorosa. Sim, eu sei, é uma sensação bem triste, e infelizmente chegou a hora de enviar o jogo por correio, mas como fazê-lo? Devo proteger o jogo para que sobreviva ao envio? Pois, quem nunca escutou falar de caixas que estragaram no envio?

https://ludopedia-posts.nyc3.cdn.digitaloceanspaces.com/971d7_rgpkwh.jpg
Imagens de dor e sofrimento, Watergate danificado durante transporte logístico

Um transporte logístico complexo como o executado pelos Correios possui riscos de causar danos às caixas como amassados ou cortes, sendo assim, aqui vai umas dicas para criar uma embalagem à prova de danos que não precisa ser bonita, mas deve ser funcional. 
Preciosismo? Talvez… mas sempre que se encontrar nessa situação, se coloque no lugar de quem vai receber o jogo, você não ficaria animado em ver uma caixa chegando em perfeitas condições como se só tivessem aberto somente para a conferência? kkk 
Antes de pensar no empacotamento, primeiro é importante organizar os componentes do jogo para que não se desloquem em caso da caixa ser revirada durante o transporte e parecer com a imagem abaixo.

https://ludopedia-posts.nyc3.cdn.digitaloceanspaces.com/87ad2_rgpkwh.jpeg
Imagem de um StarCraft: The Board Game depois de um furacão

Aqui fica uma dica importante, se planeja vender alguns jogos em um futuro próximo, seja o doido das caixas de papelões e guarde algumas em casa, não é necessário comprá-las, pois os supermercados às vezes as disponibilizam como opção à utilização de sacolas, e de quebra você ainda salva o planeta.
Mas qual caixa escolher? Opte por uma caixa que tenha um tamanho um pouco maior do que o jogo em todas as dimensões para que caso a caixa seja amassada o board game não seja avariado, porém, cerque o com papel amassado ou isopor para posicioná-lo longe das faces. Além disso, para proteger a caixa do jogo contra eventuais arranhões eu coloco uma camada de plástico bolha (eu entendo, sei que é difícil não estourar as bolhas).  

https://lh6.googleusercontent.com/Ga2Yu3k8agEC_HnTOaBzruEoEHDnW4EZIDOdgdnz7E_pI_4VGg92QFbE3bz6qVfgtRm_7SCyGGhJdw-9qNxIai1kqnfCmAmxky1_Yi7r1O3sGt_dsGb7DwkvUQTpzRP35xz3z4Gr
Imagem de uma caixa com um Vast: As Cavernas de Cristal preparada para o envio.

Outro material essencial no empacotamento são as fitas adesivas que serão utilizadas para fechar a caixa, aqui vale de tudo, depende muito do gosto sejam de durex, papel kraft ou crepe, vale ressaltar que o preço delas varia muito, e na maioria das vezes vamos acabar utilizando o que tem disponível em casa (uma vez utilizei até esparadrapo da minha namorada, não preciso dizer que ela não ficou feliz).  O importante é certificar que as fitas não irão soltar durante o envio, se não está muito confiante dê uma segunda volta perpendicularmente para garantir.
Após você dar o triste adeus ao seu board game pode acompanhar o envio da antiga maneira através do site dos correios ou instalar aplicativos no celular que irão te avisar a cada passo milimétrico da sua encomenda como o Muambator.


Então agora eu te pergunto, como você faz os seus envios?

Assim continua a série “Cuidados com os board games”, baseada no episódio #6 do CorujaCast, onde é discutido as boas práticas para manter os jogos em um estado conservado por várias jogatinas. Caso não tenha conferido o segundo volume da série sobre armazenamento horizontal ou vertical clique aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *